Acidentes ao usar o celular dirigindo.

infosp2017
Administrador
Mensagens: 4
Registrado em: 06 Nov 2016, 17:54

Acidentes ao usar o celular dirigindo.

Mensagem por infosp2017 » 06 Nov 2016, 21:44

Uso do celular aumenta em até 400% o risco de acidentes no trânsito

No Brasil, ato implica multa de R$ 85,13 e soma 4 pontos na carteira.
Principal perigo ao dirigir é fazer atividades que retirem as mãos do volante.

Imagem

Celular e direção são uma mistura tão perigosa quanto conduzir um veículo alcoolizado. Isso porque falar ao telefone ou mandar SMS distrai o motorista e pode aumentar em 400% o risco de acidentes.

No Brasil, um infrator que conversa ao celular (mesmo pelo fone ou viva-voz) pode ser multado em R$ 85,13 e somar 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Não há dados nacionais sobre o uso do celular ao volante. Atualmente, o país contabiliza 212,6 milhões de pessoas com acesso à telefonia móvel e uma frota de 69 milhões de veículos de todos os tipos.

Segundo o especialista em segurança do trânsito Eduardo Biavati e o neurologista Marcelo Calderaro, o principal perigo é fazer atividades que exijam retirar as mãos do volante, como mexer em um aparelho eletrônico, ou que façam pensar sobre outras coisas. Isso inclui comer, beber, procurar algo, ler, maquiar-se, pôr um CD ou mudar a estação do rádio e, claro, usar o celular.

Dados de pesquisas do Departamento de Trânsito dos EUA apontam que 77% dos motoristas admitiram já ter utilizado o celular ao volante. Ainda não há estudos que demonstrem o número de acidentes causados por isso, provavelmente em razão da dificuldade em comprovar o uso.


1. Nem sempre a vítima no trânsito é o infrator. O motorista de ônibus Jonas Santana da Silva, de 26 anos, dirigia acima da velocidade permitida e ainda falava ao celular quando provocou o acidente envolvendo o carro do empresário Alfred Schorno, de 67 anos. Ele e a funcionária Anna Camilla Nyarady, que estava no carona, morreram na hora, e dois passageiros ficaram levemente feridos.

O caso aconteceu em fevereiro, em Campo Belo, zona sul da cidade de São Paulo. O condutor avançou em alta velocidade um cruzamento que estava com sinal amarelo, passando por cima do Mitsubishi ASX, que mesmo equipada com seis air-bags não conseguiu evitar o desfecho fatal. O semáforo em questão estava quebrado, fato que responsabiliza também a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), encarregada de fiscalizar a sinalização na capital paulista.

Em depoimento, porém, Jonas admitiu que sabia do problema do aparelho, uma vez que já havia feito o trajeto naquele dia. Além disso, a polícia suspeita que o tacógrafo do ônibus tenha sido violado após o acidente. Isso porque o medidor registrava 47Km/h, velocidade que não seria suficiente para causar aquele tipo de colisão. O motorista foi preso em flagrante e acusado de homicídio doloso, quando há intenção de matar ou quando o autor assume esse risco.Imagem
Motorista falava ao celular e dirigia em alta velocidade (Foto: Reprodução/Oslaim Brito/Futura Press)

Responder

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante